Viagem ao Centro da Terra

TITULO:  

VIAGEM AO CENTRO DA TERRA 

SUBTITULO:

Uma história virtual – Uma adaptação da obra de Júlio Verne 

OBJECTIVOS:

Com este trabalho não se pretende recriar  o filme ou o livro, mas sim, reinventar uma história com alguma interactividade, a qual visará atingir um objectivo central que engloba dois pontos essenciais: 

·         O aspecto educativo

Pretende-se a aproximação entre os intervenientes e a ciência, onde o objectivo é compreender a estrutura do planeta Terra englobando pontos de vista actuais, contrapondo-os aos do século XIX.  

·         O aspecto lúdico

Cativar de novo o gosto pela leitura, misturando a leitura tradicional com uma interacção multimédia, onde os intervenientes terão a oportunidade de escolher diferentes desenvolvimentos da história. 

FUNDAMENTOS:

Consideramos que esta é uma forma de levar jovens, e não só, a abraçar o conhecimento científico, utilizando para isso os pontos de vista do romantismo aventureiro da ciência do passado à luz da evolução tecnológica dos tempos actuais. Procuraremos dar asas à imaginação de todos os intervenientes com o intuito de interiorizar o processo cientifico, ou seja,  abraçar a ciência de forma a compreender melhor o mundo que nos rodeia. Para isso, daremos uma perspectiva histórica, desde o horror que os aspectos naturais envolviam por desconhecimento, até à banalidade da maior parte das descobertas cientificas actuais, fundindo o tempo, criando uma amálgama anacrónica de forma a reacender a chama do desejo pela investigação. 

Viagem ao Centro da Terra (1864) 

Na sua tranquila casa de Hamburgo, o excêntrico Professor Lidenbrock descobre, por acaso, o manuscrito de um alquimista islandês do século XVI, no qual este revela ter atingido o centro da Terra através da cratera do Sneffels, vulcão extinto da Islândia. Seguir-lhe as pisadas é a determinação imediata do sábio que, logo um mês depois, inicia a sua arriscada viagem na companhia do sobrinho Axel e de um guia local chamado Hans. Os três homens penetram pois, nas entranhas do globo terrestre, mas muitas e pasmosas surpresas os aguardam, ultrapassando mesmo todas as mais ousadas expectativas de qualquer dos viajantes: depois de percorrerem inúmeros poços e corredores deparam com uma caverna enorme na qual existe um mar, atravessam uma floresta de cogumelos, assistem a um combate de monstros pré-históricos e chegam a ver, vivos, os homens da era terciária representados por gigantes que se dedicam ao pastoreio de mastodontes.“Viagem ao Centro da Terra” é um dos seus livros mais arrojados, propondo uma odisseia subterrânea até à região “onde pulsa o coração da Terra”. Partindo do conceito (nem sempre muito estável) de “plausibilidade científica”, Verne criou uma aventura colossal, um épico que procura testar leis, princípios e probabilidades com o intuito de evidenciar um entretenimento exótico e visionário.   <http://jverneportugal.no.sapo.pt/livros.htm 

OBJECTOS: 

 – DVD Interactivo 

METODOLOGIA:

Através da obra “A VIAGEM AO CENTRO DA TERRA” de Júlio Verne, aplicando as novas tecnologias como ferramenta base, procuraremos transportar todos os intervenientes da leitura tradicional para campos imersivos do imaginário. Os meios para a execução deste trabalho variam desde a simples câmara de vídeo , máquina fotográfica até ao processamento da realidade virtual, utilizando uma mescla de vários tipos de imagem, recorrendo desde o simples desenho a preto e branco, passando pela imagem real até ao desenho 3D. 

HORIZONTE TEMPORAL:

O tempo de história será dobrado sobre si próprio onde o ontem não é propriamente o passado e o amanhã não será necessariamente o futuro.Prevê-se que este trabalho se encontre concluído no final do segundo semestre, não querendo com isso dizer que não se perspectivem diferentes caminhos com outras obras para eventuais teses.

 BIBLIOGRAFIA:

Verne, Júlio – “Viagem ao Centro da Terra”, Livros do Brasil, 2005

Série de manuais de software a utilizar, entre o qual podemos citar, Photoshop CS3,Flash CS3, Premiere CS3, FaceShop Pro, Poser 7, Daz studio, Studio 10 – Pinnacle, 3DS MAX, virtools, Sony Vegas etc. 

Mestrado em Multimédia – Arte e Comunicação Multimédia 

Jorge Silva – 070549003

José Paulo Ribeiro – 070549016

Marco Vieira – 070549052  

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: