Xadrez – Arte em Análise

by

“ O jogo de xadrez é a pedra de toque do intelecto.”

Johann Wolfgang von Goethe (Escritor Alemão)

 

Objecto a criar:

 

Site de socialização especializado em xadrez amador.

 

Objectivo

 

Criação de um espaço virtual capaz de absorver e de partilhar todo o trabalho desenvolvido na modalidade por qualquer praticante. Este pretende ser um local onde jogadores dos mais variados níveis possam publicar as suas partidas com as suas próprias análises. Os xadrezistas serão também convidados a comentar partidas e análises feitas por outros jogadores.

 

 

Contexto

 

O xadrez, apesar de não ser uma modalidade com tradição no nosso País, tem vindo a registar um acentuado desenvolvimento nos últimos anos. Actualmente, são inúmeras as escolas que participam no projecto “Xeque-Mate”, desenvolvido pela Associação de Xadrez do Porto e patrocinado pela Câmara Municipal desta cidade. Este projecto consiste em dar formação e competição em xadrez a crianças do primeiro ciclo nos seus 3º e 4º anos de escolaridade. O desenvolvimento teórico do jogo faz-se através de uma análise profunda, realizada por profissionais da modalidade, dos jogos realizados pelos melhores jogadores mundiais. Apesar de haver uma enorme quantidade de informação teórica disponível, esta acaba por ser de difícil compreensão para os jogadores não profissionais, já que estes não compreendem o jogo com a mesma profundidade de um profissional. Este site pretende preencher o vazio que existe em relação à divulgação e análise de partidas realizadas por jogadores amadores e, acima de tudo, fornecer material compreensível a todos aqueles que desejam iniciar-se na modalidade e desenvolver o seu nível de jogo.

 

 

Metodologia

Na realização deste projecto irei utilizar as ferramentas Dreamweaver e Flash.

Todos os utilizadores, com uma conta de e-mail válida, poderão fazer um registo no site. Cada perfil poderá introduzir e analisar toda a informação que achar pertinente para o jogo de xadrez. Toda esta informação será dividida por temas, os quais poderão ser posteriormente seleccionados por pesquisa. Igualmente, serão disponibilizadas estatísticas, relativas a cada um destes temas. Entre outras funcionalidades, destaca-se a possibilidade de fazer vídeos, para que todas as informações possam ser utilizadas de uma forma lúdica. Na fase inicial, irá ser realizado um inquérito a professores de xadrez e a outros praticantes da modalidade, de forma a serem apuradas as suas preferências em relação às funcionalidades que gostariam de ter disponíveis num site com esta natureza.

 

Principais motivos que tornam este projecto uma necessidade para o xadrez.

São vários os motivos que me levam a acreditar que este projecto é de grande importância para o mundo xadrezístico. No entanto, por economia de espaço e tempo, vou expor apenas os motivos principais que deram origem a este projecto.

 

1º Motivo

 

O jogo de xadrez é actualmente reconhecido como modalidade capaz de acelerar o desenvolvimento de competências ao nível intelectual, ao nível pessoal e de formação de carácter bem como fomentar a educação social e desportiva.

Nomeadamente, tem a capacidade de desenvolver competências cognitivas como a atenção, o poder de concentração, a criatividade a imaginação. A sua prática potencia a capacidade de raciocínio estratégico e lógico – matemático. Melhora a capacidade de análise sistemática dos problemas, valorizando com antecipação as vantagens e inconvenientes de uma decisão e promovendo a responsabilidade pelos próprios actos. Desenvolve a auto-estima e a capacidade de superação, aumentando o auto-controle e incute o respeito pelas regras, leis das competições e normas, levando à aceitação desportiva do resultado das competições, à atitude correcta perante a vitória ou a derrota e ao respeito pelos outros.

O Professor Pedro Ventura Silva, docente da FCUP, é uma das personalidades que reconhece a importância da modalidade e costuma dar uma palestra intitulada “Matemática Versus Xadrez: A Emergência de Valores Estéticos no Raciocínio Abstracto”, durante a qual expõe algumas vantagens da prática deste jogo assim como a sua relação com a matemática.

Por todas estas vantagens penso que será da maior importância a divulgação e a facilitação da prática desta modalidade.

 

 

2º Motivo

 

“Na actualidade, o xadrez é um dos jogos mais populares do mundo, praticado por milhões de pessoas em torneios (amadores e profissionais), clubes, escolas, pela Internet, por correspondência e informalmente. Há uma estimativa de cerca de 605 milhões de pessoas em todo o mundo que sabem jogar xadrez e destas, 7,5 milhões são filiadas a uma das federações nacionais, que existem em 160 países em todo o mundo.”

Citação extraída do sítio “http://pt.wikipedia.org/wiki/Xadrez

Infelizmente, em Portugal estão apenas filiados cerca de 3500 praticantes, o que revela a ínfima importância que dá a nossa sociedade a esta modalidade. Mais grave ainda é o facto de serem menos de uma dezena os profissionais nesta área no País, ao contrário de outros Países da Europa e do mundo. Dando apenas como exemplo os Países mais próximos do nosso, Espanha, França, Reino Unido e Alemanha, possuem Campeonatos competitivos, nos quais jogam a maioria dos melhores jogadores do Mundo. Espanha tem aficionados suficientes para ter nas bancas uma revista mensal dedicada à modalidade chamada “ochoxocho”. França igualmente com a revista “europe echecs”. Inglaterra com a “New in Chess”.

Existe igualmente uma extensa bibliografia dedicada à modalidade, enormes bases de dados e aplicações informáticas, que permitem jogar, treinar e estudar os mais variados aspectos do jogo. Existe também uma enorme variedade de sítios onde é possível jogar xadrez on-line (ex: www.redhotpawn.com), nos quais se realizam milhares de partidas todos os dias entre aficionados.

 

 

 

As ferramentas que existem estão orientadas para jogadores já de um nível médio/elevado. O que torna muitos destes conteúdos incompreensíveis para quem quer iniciar-se na modalidade e evoluir até este nível. Verifica-se ainda hoje, apesar das ferramentas poderosas que existem, que a melhor forma de se iniciar e evoluir até um nível aceitável na modalidade é ter aulas presenciais com um treinador num clube. Capablanca, antigo campeão do mundo de xadrez, cubano de nacionalidade, afirmou que se aprende mais com um jogo perdido do que com mil jogos ganhos. No xadrez, continua a ser verdade que se aprende mais ao jogar com adversários de nível semelhante, do que com adversários bastante superiores ou ao ler análises feitas a jogos de nível elevado/profissional em que o grau de complexidade é de tal forma abstracto que se torna incompreensível mesmo para jogadores semi-profissionais.

Resumindo, o material que existe não está adequado aos diferentes níveis de jogo porque não contempla partidas feitas por iniciados nem amadores. É essencial para a evolução de cada jogador que este analise as próprias partidas, de preferência com a ajuda de alguém mais experiente.

 

Eu proponho a realização de um espaço onde os aficionados possam colocar, armazenar e divulgar os seus jogos e as suas análises, ou seja, os seus apontamentos, sem que estes fiquem no esquecimento. Abre também a possibilidade de estas notas poderem ser melhoradas ou até refutadas por outros jogadores.

Este espaço deve permitir socialização em tempo real, ou não, entre os seus utilizadores.

O problema da linguagem é facilmente ultrapassado porque o xadrez tem uma linguagem própria universal. Como exemplo, apresento o símbolo de algumas notações curtas mais comuns e respectivo significado:

 

! – uma boa jogada

!! – uma jogada excelente

? – um erro

?? – um erro grosseiro

!? – uma jogada interessante que talvez não seja a melhor

?! – uma jogada duvidosa, mas não facilmente refutada

□ – jogada forçada

 

 

3º Motivo

 

O projecto xeque-mate é um dos vários projectos deste país que consiste no ensino do xadrez a alunos dos 3º e 4º anos de escolaridade. Não existe nenhuma aplicação multimédia funcional, nem gratuita, que possa servir de base de conhecimento e de partilha entre os iniciados na modalidade. Pretende-se que esta aplicação seja também sensível às necessidades dos formadores e dos alunos. Conversei informalmente com vários formadores e todos eles me confidenciaram que esta plataforma, tal como está a ser idealizada, será extremamente útil como ferramenta educativa. Além da partilha de informação, os formadores sentem que é de extrema importância a possibilidade de se fazer vídeo com as análises criadas e de os alunos poderem ter aula em ambiente virtual, possibilitando assim o registo de qualquer jogo, assim como a respectiva análise.

 

 

 

 

Horizonte temporal.

 

O site deverá estar operacional no final do mês de Julho.

 

Referências

 

www.axp.pt

www.fpx.pt

www.fide.com

http://www.axp.pt/projecto_xeque_mate/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Xadrez

http://www.chessville.com/

http://www.clubedexadrez.com.br/menu_artigos.asp?s=cmdview3779

http://www.cienciahoje.pt/2589

http://www.europe-echecs.com/

http://www.newinchess.com

http://www.chessbase.com/

http://www.chessok.com/

 

 

Pedro Alexandre Marques

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: